15 de novembro de 2012

Decálogo da reforma moral


Decálogo da reforma moral

             1 - Faça um mergulho dentro da sua intimidade, para conhecer-se por dentro, relacionando os seus principais defeitos num caderno ou numa folha de papel.
            2 - Pratique o bem sem cessar, dedicando cada vez mais o maior empenho nas tarefas de auxílio ao próximo, certo de que a laborterapia é excelente recurso para  a nossa saúde mental.
            3 - Ponha em Deus toda a sua confiança, utilizando a oração habitualmente ao acordar, ao recolher-se e às refeições.
            4 - Repila, com veemência, todas as sugestões inferiores, recorrendo, se preciso, ao seu protetor espiritual.
            5 - Não dê curso aos maus pensamentos, recordando que Jesus nos recomendou: “Vigiai e orai para não cairdes em tentação”.
            6 - Realize o culto cristão no lar, pelo menos uma vez por semana.
            7 - Utilize, sempre que se sentir enfraquecido moral ou organicamente, o passe e a água magnetizada.
            8 - Mantenha um programa permanente de leitura e estudos selecionados, para assegurar a elevação de sua alma e a clareza de suas idéias.
            9 - Faça uma reflexão diária sobre os atos de sua vida, efetuando periodicamente uma análise pormenorizada dos atos praticados e do cumprimento ou não do presente decálogo, ciente de que a elevação do padrão vibratório não é obra de alguns minutos ou de alguns dias.
            10 - Antes de qualquer ato, projeto, reação ou decisão, faça, intimamente, a você mesmo estas quatro perguntas e, se nas respostas encontradas ocorrer alguma negativa, abstenha-se de praticar o ato, a menos que você deseje que suas aflições do presente se estendam às existências futuras, constituindo um obstáculo à sua felicidade:
             -  O que tenho em mente:
            * Agrada a Deus? (Mateus, 22:34 a 38)
            * Beneficia o meu próximo? (Mateus, 22:39 e 40)
            * Auxilia o progresso da comunidade? (L.E., 132 e Tiago, 2:17 a 2:26)
            * Convém ao meu futuro espiritual? (Paulo, 1a Epístola aos Coríntios, 6:12)

Alternativa


            1 - Faça um projeto bem simples de reforma moral seguindo a sugestão dada por Jason de Camargo, em que devemos eleger alvos viáveis; por exemplo: o cultivo da bondade e a eliminação da mentira.
2 - Assim, a partir da execução do projeto, busque eliminar a mentira em qualquer situação, adotando sempre a verdade nua e crua, sem utilizá-la para ferir pessoas mas dosando-a na medida das necessidades de um bom convívio familiar e social. De igual forma, procure praticar a bondade com todas as pessoas, vinte e quatro horas por dia: bondade no falar, bondade no ouvir, bondade no agir, bondade com os filhos, bondade com os netos, bondade com os colegas de trabalho, bondade no trânsito, bondade no lar, bondade na Casa espírita.
3 - Semanalmente avalie a execução do projeto, solicitando o auxílio expresso de Deus, dos amigos espirituais e dos Espíritos familiares, para que ele seja realmente cumprido.
4 - Lembre que não é importante destacar possíveis defeitos, mas, sim, ter em mente a meta projetada, que é abolir a mentira e cultivar a bondade.

 (O Consolador - Londrina, 19 de setembro de 2004.)

Obrigado pela Presença

Amigos em Cristo, agradecemos a presença, fiquem a vontade e sintam-se em casa, afinal esse espaço é de todos e para todos.
Deixe-nos sua opinião, critica e sugestão para assim melhorarmos esse nosso singelo cantinho de encontro fraterno.
envie-nos um e-mail espiritismoafontedoamoruniversal@hotmail.com


Visão Espírita do Carnaval

Conduza a sua leitura clicando no botão > .

GRUPO RELICARIO DE LUZ

GRUPO RELICARIO DE LUZ
Grupo Evangelização Espírita - Visitem esse blog amigo

Pensemos Nisso

O QUE MAIS SOFREMOS
O que mais sofremos no mundo –
Não é a dificuldade. É o desânimo em superá-la.
Não é a provação. É o desespero diante do sofrimento.
Não é a doença. É o pavor de recebê-la.
Não é o parente infeliz. É a mágoa de tê-lo na equipe familiar.
Não é o fracasso. É a teimosia de não reconhecer os próprios erros.
Não é a ingratidão. É a incapacidade de amar sem egoísmo.
Não é a própria pequenez. É a revolta contra a superioridade dos outros.
Não é a injúria. É o orgulho ferido.
Não é a tentação. É a volúpia de experimentar-lhe os alvitres.
Não é a velhice do corpo. É a paixão pelas aparências.
Como é fácil de perceber, na solução de qualquer problema, o pior problema é a carga de aflições que criamos, desenvolvemos e sustentamos contra nós.
(Espírito: ALBINO TEIXEIRA - Médium: Francisco Cândido Xavier - Livro: "Passos da Vida" - EDIÇÃO IDE)
__________________________________________________________

Vale a pena assistir

Vale a pena assistir

Documentário Peixotinho

________________________________________________________

Mensagem de Reflexão

"A fé ilumina, o trabalho conquista, a regra aconselha, a afeição reconforta e o sofrimento reajusta; no entanto, para entender os Desígnios Divinos a nosso respeito, é imperioso renovar-nos em espírito, largando a hera do conformismo que se nos arraiga no íntimo, alentada pelo adubo do hábito, em repetidas experiências no plano material".

Livro Palavras De Vida Eterna - Francisco Xavier pelo espírito de Emmanuel



O Livro dos Espíritos on line

O Livro dos médiuns on line

O Evangelho Segundo o Espíritismo on line

O Céu e o Inferno on line

A Gênese on line

Obras Póstumas on line

Estudos e Palestras

Agua from PAN1911

VIDEOS ESPÍRITAS

Loading...