25 de fevereiro de 2013

ESTUDO SISTEMATIZADO DO LIVRO DOS ESPÍRITOS 05 de 193


ESTUDO SISTEMATIZADO DO LIVRO DOS ESPÍRITOS
Introdução ao estudo da Doutrina Espírita
Item VII e VIII  ( Estudo 05 de 193)
Estudo nº LE 005-a
Tema: Introdução (itens IX, X e XI)
R E S U M O
A doutrina e seus contestadores, objeções, que espíritos?
"O movimento dos objetos é um fato comprovado. A questão é saber se nesse movimento, há ou não uma manifestação inteligente e, caso haja qual é a origem dessa manifestação" Kardec em Introdução de O Livro dos Espíritos.
- Kardec coloca nestes três itens ( 9,10 e 11) objeções que poderiam ser levantadas por seus opositores e de antemão esclarece aos mesmos.
- os fenômenos espíritas ocorreram em vários lugares ao mesmo tempo e com médiuns diferentes;
- não há charlatanismo, pois não há lucro. O trabalho é feito gratuitamente.
- não pode haver mistificação pois pessoas distantes que não se conhecem dão as mesmas respostas aos mesmos assuntos.
- não podem ser só uma ilusão, pois seriam muitas pessoas de bom senso sendo "iludidas"ao mesmo tempo e não se pode enganar a todos durante todo o tempo.
- quanto a linguagem dos espíritos sabemos que os mesmos não são iguais nem em conhecimento nem em qualidades morais, e tem-se que passar pelo crivo da razão o que dizem.
- dizer que nas comunicações espíritas há intervenção de um poder diabólico é nivelar por baixo, achando que Deus somente permitiria a manifestação dos maus espíritos sem o contrapeso do conselho dos bons.
- ao admitir a comunicação dos maus espíritos estão reconhecendo a veracidade das manifestações;
- dizem que somente se fala com espíritos de pessoas conhecidas. Isso demonstra que não estar a par do que acontece nas sessões mediúnicas, pois a maioria dos espíritos que se comunicam são desconhecidos;
- quando evocamos um espírito, geralmente é de um conhecido, pois senão não teríamos como evocá-lo.
- quanto ao fato de serem somente espíritos ilustres que se comunicam, isto é muito relativo, pois nem sempre o que foi grande na Terra o é no mundo espiritual. "A cada um segundo suas obras".

QUESTÕES PARA ESTUDO

Ao estudarmos estas objeções dos opositores da Doutrina Espírita na época de Allan Kardec, podemos estabelecer uma relação com os nossos dias.

1) - Até onde o discurso dos opositores do espiritismo mudou?

Como podemos observar muito pouca coisa mudou em relação às objeções feitas pelos opositores do espiritismo.
Continuam ainda a colocar a doutrina como coisa de loucos, e por conta de algumas pessoas que se dizem espíritas nos atacam dizendo que cobramos para saber o futuro e desmanchar trabalhos.
Sabemos que a mediunidade é inerente ao ser humano e todas as pessoas a possuem independente de serem ou não espíritas. Os chamados "videntes" usam de sua mediunidade como meio de vida, e aqueles que não conhecem o que é o Espiritismo coloca todos no mesmo balaio.
Resta agora, a nós espíritas, melhorarmos esse quadro, estudando as obras da codificação e tendo argumentos para refutar, assim como fez Kardec, aqueles que não conhecem a Doutrina.


2) - Com toda tecnologia e avanço científico na atualidade, o que a comunidade espírita em geral tem feito para mudar esse quadro de objeções (caso ele não tenha mudado)?

A comunidade espírita, mais especificamente o chamado Movimento Espírita, pouco tem contribuído para mudar essa situação. Como visto temos que estudar para podermos esclarecer duvidas. Infelizmente a maioria dos espíritas não tem coragem de assumir uma posição doutrinaria em seu ambiente de trabalho e muitos que trabalham na área cientifica tem "vergonha" de se dizerem espíritas e colocar seus conhecimentos doutrinários em suas pesquisas.

(Fonte: CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo)

Obrigado pela Presença

Amigos em Cristo, agradecemos a presença, fiquem a vontade e sintam-se em casa, afinal esse espaço é de todos e para todos.
Deixe-nos sua opinião, critica e sugestão para assim melhorarmos esse nosso singelo cantinho de encontro fraterno.
envie-nos um e-mail espiritismoafontedoamoruniversal@hotmail.com


Visão Espírita do Carnaval

Conduza a sua leitura clicando no botão > .

GRUPO RELICARIO DE LUZ

GRUPO RELICARIO DE LUZ
Grupo Evangelização Espírita - Visitem esse blog amigo

Pensemos Nisso

O QUE MAIS SOFREMOS
O que mais sofremos no mundo –
Não é a dificuldade. É o desânimo em superá-la.
Não é a provação. É o desespero diante do sofrimento.
Não é a doença. É o pavor de recebê-la.
Não é o parente infeliz. É a mágoa de tê-lo na equipe familiar.
Não é o fracasso. É a teimosia de não reconhecer os próprios erros.
Não é a ingratidão. É a incapacidade de amar sem egoísmo.
Não é a própria pequenez. É a revolta contra a superioridade dos outros.
Não é a injúria. É o orgulho ferido.
Não é a tentação. É a volúpia de experimentar-lhe os alvitres.
Não é a velhice do corpo. É a paixão pelas aparências.
Como é fácil de perceber, na solução de qualquer problema, o pior problema é a carga de aflições que criamos, desenvolvemos e sustentamos contra nós.
(Espírito: ALBINO TEIXEIRA - Médium: Francisco Cândido Xavier - Livro: "Passos da Vida" - EDIÇÃO IDE)
__________________________________________________________

Vale a pena assistir

Vale a pena assistir

Documentário Peixotinho

________________________________________________________

Mensagem de Reflexão

"A fé ilumina, o trabalho conquista, a regra aconselha, a afeição reconforta e o sofrimento reajusta; no entanto, para entender os Desígnios Divinos a nosso respeito, é imperioso renovar-nos em espírito, largando a hera do conformismo que se nos arraiga no íntimo, alentada pelo adubo do hábito, em repetidas experiências no plano material".

Livro Palavras De Vida Eterna - Francisco Xavier pelo espírito de Emmanuel



O Livro dos Espíritos on line

O Livro dos médiuns on line

O Evangelho Segundo o Espíritismo on line

O Céu e o Inferno on line

A Gênese on line

Obras Póstumas on line

Estudos e Palestras

Agua from PAN1911

VIDEOS ESPÍRITAS

Loading...